Repente-sussurro

Vinícius, meu filho,
Te digo franca, olhando pros teus olhos de sol:
Misturo sim poesia com cachaça
Mas nunca, nunca mesmo, acabei discutindo futebol.
Deve ser porque não haja cá junto nenhum tino
– coisa de cor de traço de raça –
Mas não tem nada não:
Te embalando em minha mão
Tenho lá dentro um violino  

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s